Marketing promocional será ferramenta contra crise em 2016

Executivos de grandes agências apontam que o Marketing Promocional será a ferramenta contra crise em 2016 para as empresas que querem se destacar no PDV

Apesar das estimativas dos economistas apresentarem previsões catastróficas para 2016, com cenário de “depressão” do Produto Interno Bruto (PIB), desemprego e inflação nas alturas, os diretores das principais empresas de marketing promocional do País demostram otimismo com o setor para o próximo ano.

Na opinião do diretor da Agência PEPV, Mário Soares, é possível observar grandes oportunidades para o mercado promocional a partir de janeiro. “Esperamos crescimento e buscamos várias oportunidades de trabalho, principalmente pelo fato do Brasil sediar as Olimpíadas neste ano”, afirma destacando que representa uma empresa com mais de dez anos de atuação neste segmento. Da mesma forma, a diretora da agência Paniz Comunicação, Simone Paniz, demonstra otimismo. “Nossa expectativa para 2016 é apresentar um crescimento de 6 % e aumentar o faturamento em 33%, buscando atuar mais fortemente em ações de degustação, troca de brindes, eventos e ativação”, detalha a executiva.

Já o diretor da empresa Promo Gestão, Marinaldo Rocha, aposta que o mercado promocional continuará acelerado, principalmente por uma questão de estratégia de trabalho em momentos de crise econômica. “Com este momento de crise, a disputa na loja por exposição e ativação será mais intensa. Atuar no Tático será crucial e apoiar o consumidor no momento da decisão de compra com criatividade será cada vez mais exigido”, defende o especialista.

Tecnologia
Outro foco das grandes marcas é utilizar a tecnologia como meio de gestão, aperfeiçoando suas ações de monitoramento e controle. “Sem dúvida, a tecnologia que usamos hoje nos ajuda a controlar a frequência dos nossos funcionários nos PDVs (Pontos de Venda), além de conseguir informações de ruptura de forma rápida para tomada de decisões”, destaca Mário Soares. Da mesma forma, Rocha destaca o ganho com eficiência. “Novos instrumentos permitem maior agilidade nas respostas para análise e tomada de decisão. Muitas vezes as operações ainda estão no papel e a tecnologia permite dar foco nas análises e menos no processo de coleta, foco na inteligência da informação”, avalia o diretor da Promo Gestão.Já a executiva da Paniz explica que todas as informações coletadas em campo, abastecimento, ruptura, preço, comentários de consumidores e pesquisa de concorrentes (preço, ações promocionais, materiais de merchandising) são importantes, pois, por meio delas, o marketing planeja suas estratégias e tomada de futuras decisões. “Com a evolução da tecnologia avançada, as principais empresas trabalham com coleta de dados, com informações em tempo real, informações estas que são coletadas por meio de tablets e smartphones. O mercado competitivo de hoje e os custos crescentes tanto em produção como em produto final faz com que essa ferramenta se torne cada vez mais necessária para uma boa administração da organização”, informa. Simone defende ainda que, “na medida em que os clientes se tornam mais influentes, exigentes e sofisticados, os gerentes de marketing precisam de maiores informações de campo e pesquisa de mercado. Desta forma, além da tecnologia de coleta de dados, contratar profissionais adequados e treiná-los para o campo, são ferramentas importantes para o sucesso do projeto”, conclui a especialista.
Ferramentas inovadoras
O mercado mudou muito e novas alternativas de gestão tecnológica transformaram o mercado de marketing promocional sazonal no País. Um exemplo é a startup paulista BeC Inteligência que avançou em praticamente 80% do mercado brasileiro após criar a plataforma tecnológica Promo Marketing Report, que oferece solução as grandes marcas que conseguem monitorar de forma rápida e precisa as informações em tempo real. “A promotora, no ponto de venda, pode reportar toda atividade relevante e emergencial em tempo real. Desta forma o cliente/marca ganha em agilidade para seus planos de ações, ou seja, investimento certeiro”, afirma o diretor de tecnologia da BeC Inteligência Vinicius Costa, destacando que, em momentos de crise, a automatização de processos e o uso da geolocalização ajudam as organizações a reduzirem seus custos de forma significativa.
Pesquisa
Segundo estudo realizado Associação de Marketing Promocional (Ampro), as incertezas do cenário econômico atual têm provocado mudanças nos investimentos de comunicação. A pesquisa “O Mercado de Live Marketing em Números” revela uma migração da verba de publicidade para outras áreas de comunicação. A pesquisa aponta que 88% do mercado investe em promoções, 77% em ativações, 83% em incentivo, 92% em eventos e 77% em trade marketing. Tais números comprovam que as campanhas promocionais – incluindo aquelas com ofertas de brindes corporativos − estão sendo priorizadas.Essa preferência pela promoção, em detrimento de outras opções de divulgação da marca, pode ser explicada pela urgência em proporcionar jornadas de compra mais gratificantes aos consumidores. Trata-se de uma alternativa inteligente para valorizar ainda mais a experiência de adquirir um produto e/ou serviço, demonstrando ao cliente que a empresa agradece pela escolha e deseja continuar participando do seu cotidiano com um brinde elegante, prático e funcional. Outro motivo que influencia na escolha pela promoção é a sua capacidade de “eternização” da imagem da marca na memória do público. Os brindes utilizados no escritório, nos momentos de lazer, no carro ou em pausas da rotina servem como referência para indicações entre amigos e familiares, impulsionando a famosa propaganda boca a boca.

DicaspressãoPT

criseexecutivosmarketing promocional

Carlos BrandãoAuthor posts

Carlos Brandão

Sou Carlos Brandão, sócio-diretor da BeC Inteligencia, formado em Administração de Empresas, sou especialista em desenvolvimento de APP (IOS e ANDROID) principalmente em projetos que necessitam controle de Ações Promocionais e Trade Marketing na mesma plataforma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Sou Eduardo, tudo bem? Automatize os processos, reduza o custo de sua operação e melhore suas estratégias com APP. Podemos conversar?